A Dança e suas Modalidades – Danças Folclóricas

maio 31st, 2009

danca-folclorica

Dança Folclórica

Dança folclórica é um baile cerimonial ou recreativo, com passos simples e repetitivos executados por membros de uma comunidade com laços culturais em comum, resultantes de um longo convívio por membros de uma comunidade com laços culturais em comum, resultantes de um longo convívio (transmitidos de geração a geração), e troca de experiências. Não requerem a presença de público , funciona como fator de integração celebrando eventos de relevo ou como simples manifestações de vitalidade e regojizo.

Por participarem integralmente da vida comunitária, as danças folclóricas estão geralmente associadas a ocasiões: plantio, colheita, pastoreio, pesca, tecelagem, nascimento, matrimônio, guerra, funeral. Carências e necessidades podem motivar danças.

Elas podem ser religiosas ou profanas, embora quase todas as danças ritualísticas possuam um elemento social. Danças que antigamente eram realizadas por motivos cerimoniais, hoje são dançadas com fins recreativos, de caráter profano.

Muitas danças estão intimamente relacionadas com formas musicais, particularmente com o ritmo e com o tempo do compasso. Ainda que nem todas as danças folclóricas exijam acompanhamento musical, a música é quase sempre de extrema relevância.

Há um traço comum em boa parte das danças folclóricas existentes, que é estar ligada a determinado momento da vida desses povos. É raro não se encontrarem danças matrimoniais, de pastores, de competição entre os homens, de agradecimento por uma boa colheita.

Nas zonas campestres, longe da sofisticação dos centros urbanos, é que se matem por mais tempo o sentido religioso das danças de favorecimento ou de agradecimento, sendo é claro, modificado por aspectos dos novos costumes impostos pela modernidade.

Quando exclusivamente masculinas, as danças tendem ao desafio acrobático, exibindo muitos saltos e a sua mímica pode sugerir algum tipo de combate, já as danças femininas, sobretudo na Europa e partes da Ásia, resumem-se num deslizar gracioso atribuído à obrigação de decoro e ao tipo de indumentária mais pesada. Embora haja exceções, vigor e exuberância ficam para o homem, cabendo à mulher uma espécie de graça recatada.

Um dos mais significativos aspectos da dança folclórica está em favorecer a aproximação entre homem e mulher, um resquício dos rituais de fertilidade que se poliu conforme a evolução dos costumes.

 

Folclore Brasileiro

O folclore brasileiro se divide em dois grupos principais: o urbano, ou aquele que é parte integrante da vida das populações citadinas e que domina principalmente no Norte e no Nordeste do Brasil; e o rural, que ocupa a maior parte do Sul e Centro Oeste, mas que se desenvolve principalmente nas aldeias e vilarejos, fora dos grandes centros urbanos. As colonizações, portugueses e espanhóis foram um ponto de influência básico, tanto no Norte como no sul do Brasil.

O elemento negro foi da máxima importância para a formação da música e da dança brasileira. Vieram de diferentes partes do continente africano, representando diversos graus de cultura. Com eles vejo um extraordinário senso de ritmo e um tipo de movimento corporal que os portugueses não tinham. Tal como os índios, os africanos dançavam descalços. Com sentido religioso e mágico, chegando ao transe.

Ex: Orixá Xangô

A dança do índio brasileiro não foi imitada nem se misturou com a dos brancos. O índio era temido, desprezado e, sobretudo perseguido, apesar de certas medidas da proteção tomadas pelos jezuítas que procuravam convertê-los. Logo, ela não influenciou o folclore de modo direto, mas apenas marginal, através de lendas ou de alguns poucos instrumentos musicais.

As danças locais sofrem, em seu contexto, o impacto do ambiente em que se desenvolvem de acordo com as técnicas ou meios de subsistência de casa uma dessas áreas. Essa conexão aparece não apenas na coreografia em si, mas principalmente nos temas e nos nomes dos personagens. Essas áreas são: área de pesca; área de agricultura; área da mineração; área do pastoreio e região amazônica.

O ambiente, as características históricas de sua ocupação – levando em conta sua colonização e miscigenação – produzem o folclore de cada local.

Tags: , ,

Filed under: A Dança e suas Modalidades

2 Responses to “A Dança e suas Modalidades – Danças Folclóricas”

  1. lais disse:

    me mande augumas danças folcloricas

Leave a Reply

Spam protection by WP Captcha-Free